Conecte-se conosco

América do Sul

A INSEGURANÇA DÁ MEDO … por Paulo Costantini

Publicado

em

Compartilhar

É muito persistente a criminalidade no Brasil e atinge direta ou indiretamente a população.

O país tem níveis inaceitáveis e acima da média mundial no que se refere a violência armada, crimes violentos e homicídios.

Na Bahia … alguma coisa não anda bem e parece que São Paulo está mais bem preparado e no caminho correto no combate à criminalidade.

Seus índices vêm caindo ano após ano, ao passo que na Bahia só faz aumentar a cada ano.

As cidades com mais homicídios do Brasil por 100 mil habitantes …
Jequié (BA) – 88,8
Santo Antônio de Jesus (BA) – 88,3 Simões Filho (BA) – 87,4
Camaçari (BA) – 82,1
Cabo Santo Agostinho (PE) – 81,2
Sorriso (MT) – 70,5
Altamira (PA) – 70,5
Macapá (AP) – 70,0

A cidade de Jequié, no interior da Bahia, teve a mais elevada taxa de homicídios por 100 mil habitantes no ano passado, de acordo com o anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

O município baiano teve uma taxa de 88,8 assassinatos para cada grupo de 100 mil pessoas.

Ainda ocupa as quatro primeiras posições da lista das 50 cidades mais violentas.

Além de Jequié, aparecem no topo os municípios de Santo Antônio de Jesus, Simões Filho e Camaçari.

Alguma coisa está muito errada na condução da Segurança Pública da Bahia e outros Estados … muito embora nota-se principalmente naqueles com governantes da esquerda brasileira.

Isso é muito, partindo-se do princípio que pessoas de bem querem trabalhar em segurança e por conta disso … migram para outros centros já bastante populosos.

O Rio de Janeiro, com 4485 mortes, ocupa posição de destaque, com uma taxa de 28 pessoas que perderam a vida a cada 100 mil habitantes do estado.

São Paulo teve 3.735 mortes violentas, porém, é considerado estado menos letal do Brasil, por ter uma taxa de 8,4 mortes por 100 mil habitantes.

São Paulo é a cidade com a menor taxa de homicídios no Brasil …

O município ficou bem abaixo da média nacional de 23,4 mortes.
Os dados são referentes a 2022.

Mas o Ministro da Justiça do Governo já tem a solução para a superlotação carcerária … soltando os presos e colocando tornozeleiras eletrônicas.

Querem ser governo … mas são essas soluções cabulosas que apresentam.

O ministro, presidente do STF, entregou, nesta quinta-feira, ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, decisão em que o Tribunal reconheceu a violação massiva de direitos fundamentais no sistema prisional.

Mas não nas praças, nas ruas, nos restaurantes, nas escolas ou em qualquer lugar … com a audácia e a violência se espalhando aos quatro cantos.

Tampouco dando suporte aos policiais que se arriscam diariamente, deixando filhos e famílias para combater o crime.

Será verdade ?
“Todos os problemas do Brasil se resumem a apenas um … a desigualdade.”

É flagrante a inverdade enquanto tudo começa na espúria política praticada neste Brasil … com vultosos desvios que deveriam ter destino certo.

As taxas de homicídios e crimes violentos vêm aumentando ano a ano, fazendo com que as pessoas alterem seus hábitos.

Os gráficos demonstram nitidamente o aumento das taxas, principalmente nas regiões nordeste e centro-oeste.

Houve crescimento de 9,8% nos crimes violentos letais intencionais, com 2.555 ocorrências nos primeiros nove meses de 2023, e de 9,3% nos homicídios dolosos, com 2.472 registros.

Não … o Brasil, a população trabalhadora, as famílias e o cidadão não merecem.

Essa culpa não é deles.

Os limites de tolerância já foram em muito ultrapassados !

Socorro !!!

Continue lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2023 Portal Orbisnews | Direção Geral Jornalista Fausto Camunha | Todos os artigos são de responsabilidade de seus autores.