Conecte-se conosco

Esportes

O QUÊ DOEU MAIS:PERDER, O “OLÉÉÉ”OU A REALIDADE? por Lucas Neto

Publicado

em

Compartilhar

Olá amigos do ORBISNEWS.
Foi melancólico o final deste ano para a Seleção Brasileira.
Ano para ser esquecido? NÃO!!! É ano para confirmar que NÃO SOMOS MAIS OS MELHORES DO MUNDO e que nossa recuperação precisa ser bem projetada e planificada.
Se isso não for feito corremos o risco de ficar fora do Mundial de 2026 que será disputado no México, Estados Unidos e Canadá.
Em março do ano que vem jogaremos dois amistosos contra a Inglaterra e a Espanha. No segundo semestre a volta às Eliminatórias para o Mundial.
Agora estamos na 6ª posição da classificação com apenas 7 pontos ganhos. A 7ª posição é a de repescagem.
A América do Sul tem 10 países, portanto chance termos 7 classificados nesse mundial e remotas – mas possíveis – de até oito jogarem na próxima Copa.
Há que se lamentar, todavia, os acontecimentos no Maracanã no fecho da 6ª rodada, na partida contra a Argentina, que venceu por 1 a 0 gol de Ota Mendi de cabeça aos 18 minutos do 2º tempo.
Na primeira etapa foi só uma chance de gol com Martinelli, um dos poucos que se salvaram nessa partida.
No geral os argentinos foram melhores em campo e mereceram o resultado.
O jogo foi nervoso e complicado. Reflexo dos acontecimentos lamentáveis que se sucederam após os dois times entrarem em campo.
Antes disso torcedores argentinos estavam mesclados em muitos pontos do estádio com torcedores brasileiros e tudo numa boa, com trocas de papos e camaradagem.
Ideia dessa mesclagem, soube-se, foi sugestão da segurança contratada para o evento.
Quando os times entraram em campo os argentinos foram aplaudi-los capitaneados pelo Messi e de repente começou um tumulto que a segurança contratada não conseguiu contornar.
Jogadores argentinos quiseram subir para o setor, aí quase acontece briga entre os jogadores.
O “páu” comeu feio e com a chegada da Polícia Militar as coisas definitivamente desandaram.
Messi chamou dos seus jogadores para o vestiário e ameaçando não voltar para o início da partida.
Estabeleceu-se uma separação das torcidas e o jogo começou.
O Diniz, em seus comentários e entrevistas disse que “o time melhorou e até mereceu vencer”.
Os argentinos, já vencendo por 1×0, jogo se aproximando do final, gritavam “OLÉEEE”. Incrível, mas até brasileiros gritavam “OLÉÉÉ”.
Passando tudo na peneira, temos que admitir que “Los Hermanos” foram melhores. Nossa safra atual não é das melhores. Precisamos melhorar muito. Sei que acompanhando as partidas tem muito pai que não sabe dizer quem são alguns jogadores que estão atuando no Exterior. A “molecada” mais afinada, em sua maioria, também não sabe quem é quem.
Os tempos mudaram e só nos resta assimilar que NÃO SOMOS MAIS OS MELHORES DO MUNDO e que precisamos melhorar muito a nossa safra.
Que o Diniz, enquanto continuar, trabalhe mais com os jogadores que estão aqui e menos desconhecidos que estão lá fora.

Um abraço.
Lucas Neto

Continue lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2023 Portal Orbisnews | Direção Geral Jornalista Fausto Camunha | Todos os artigos são de responsabilidade de seus autores.