Conecte-se conosco

Futebol

PAULISTÃO 2024: PALMEIRAS, DE NOVO,  É O GRANDE FAVORITO AO TÍTULO por Sérgio Carvalho

Publicado

em

Compartilhar

No último final de semana foi disputada a última rodada da fase de Grupos do Campeonato Paulista de 2024. Para variar, o Palmeiras terminou esta fase em primeiro lugar na classificação geral e, por isso mesmo, já é indicado pela crônica esportiva paulista (e eu concordo!), como o grande favorito ao título da temporada. Para que vocês tenham uma ideia, o Palmeiras terminou a primeira fase do campeonato sem perder um jogo sequer. Foram doze partidas, 28 pontos ganhos, com 8 vitórias, 4 empates e nenhuma derrota (o Verdão está invicto no Paulistão deste 2021). Seu ataque marcou 20 gols e sua defesa só sofreu 9 (menos de um gol por partida). O Santos ficou em segundo lugar com 25 pontos ganhos (três a menos que o Palmeiras), 8 vitórias, 1 empate e 3 derrotas, 18 gols pró e 11 contra. Ou seja: o Palmeiras empata no número de vitórias com o Santos, mas o time da Baixada já perdeu três vezes, marcou menos gols (18) que o Verdão e sofreu 2 gols a mais. O São Paulo foi o terceiro colocado na classificação geral com 22 pontos, enquanto o Bragantino foi o quarto colocado com 21. Fica evidente, portanto, que o Palmeiras é mesmo o melhor time do Estadual deste ano, como já o foi nos campeonatos de 2022 e 2023 (se ganhar neste ano, chegará ao terceiro título paulista consecutivo sob o comando de Abel Ferreira, o excelente técnico português que dirige seu time). Aproveito para acrescentar que o Verdão já tem 24 títulos paulistas (pode chegar aos 25) e que os jogos das quartas-de-final serão disputados no próximo final desta semana. O Palmeiras enfrenta a Ponte Preta, na Allianz Arena. O Santos encara a Portuguesa na Vila Belmiro. O São Paulo pega o Novorizontino, no Morumbi, e o Red Bull joga contra a Internacional, de Limeira, em Bragança Paulista; Lembro que será um jogo nesta fase assim como nas semifinais que vem em seguida. As finais, ao contrário, terão dois jogos (o segundo no campo do clube com maior número de pontos).

Mas vamos mudar de assunto. Todos vocês devem saber que Leila Pereira assumiu a presidência do Palmeiras em 2021 e terá seu mandato encerrado no final deste ano. Ela já deixou clara sua intenção de continuar no cargo, mas, nas últimas semanas, grupos de conselheiros já começaram a se reunir para criar uma chapa com nomes fortes para impedi-la de continuar no cargo. Considero um erro muito grave que estes conselheiros queiram tirar do comando do clube desta mulher (a primeira da história a presidir o Palmeiras), que faz excelente gestão. O Palmeiras sob seu comando ganhou quase tudo que podia, e, com sua reeleição e sua capacidade de administrar, terá a chance de ganhar ainda mais títulos, inclusive aquele que é um velho sonho palmeirense, o de campeão mundial interclubes. Mas estes conselheiros, que provavelmente não tem sido lembrados para ocupar cargos na atual diretoria palmeirense, estão “magoados” com o fato e dispostos a fazer tudo o que puderem para derrubar Leila em novembro deste ano, quando será disputada mais uma eleição para a presidência do clube. É bom lembrar que, no passado, o Palmeiras já perdeu um grande patrocinador, a Parmalat, e, por causa disso, deixou de ter um grande time e de disputar tantos títulos como na época em que tinha aquele grande patrocinador. As coisas só melhoraram quando, em 2021, Leila Pereira assumiu a presidência e passou a financiar o futebol do clube. E ela ainda tem  a vantagem de, por ser multi milionária (dizem que seu patrimônio chega a 8 bilhões de reais), não desviar dinheiro do clube para seus próprios negócios ou para seu bolso. Melhor seria se esse grupo de conselheiros deixasse de lado a ideia e só lançasse um candidato ao final da segunda gestão da Leila. Numa dessas, quem assumir,  poderá até convencê-la a continuar como patrocinadora, ao invés de correr atrás de outro que talvez não tenha os mesmos recursos da Crefisa, que patrocina o Palmeiras desde 2021 e não atrasa um só dia o que foi acertado em contrato.

Copyright © 2023 Portal Orbisnews | Direção Geral Jornalista Fausto Camunha | Todos os artigos são de responsabilidade de seus autores.