Conecte-se conosco

Administração

UM CHAMADO PARA A EQUIDADE SALARIAL por Antonio Tuccilio

Publicado

em

Compartilhar

Em um país onde a desigualdade é um tema persistente, a busca por equidade permeia diversos setores da sociedade. No serviço público, a discussão sobre um teto salarial único para os servidores emerge como extrema necessidade. Estabelecer um limite máximo de remuneração não apenas reconhece e valoriza o trabalho desempenhado por esses profissionais, mas também promove a justiça e a transparência na administração dos recursos públicos.

Valorizar os servidores públicos não é apenas uma questão de retórica, mas uma medida prática, que reverbera na qualidade dos serviços oferecidos à população. Quando os profissionais são adequadamente remunerados e sentem-se valorizados, o compromisso com o trabalho é fortalecido e a eficiência no serviço público tende a aumentar. É um ciclo virtuoso, que beneficia não apenas os funcionários, mas toda a sociedade.

É importante destacar que 20 estados brasileiros já adotam um teto remuneratório único. É hora de olharmos para São Paulo, o estado mais populoso e economicamente rico do país, onde o custo de vida é elevado e, paradoxalmente, muitos servidores recebem salários comparativamente mais baixos. É imperativo que São Paulo se una aos estados que adotaram essa medida, garantindo a equidade e a justiça salarial para seus servidores, nos termos do que faculta o artigo 37, § 12 da CF88.

Como membro da Fórum de Entidades pela Fixação do Teto Remuneratório Único no Estado de São Paulo, a CNSP está firmemente engajada na luta pela implementação do teto, um direito previsto na Constituição e que infelizmente ainda não é respeitado no estado mais rico do Brasil. Em consonância com o que foi definido na Assembleia Geral durante o Seminário CNSP 2023, nos comprometemos a atuar com esforços pela fixação do Teto também na esfera municipal. Reconhecemos que o caminho é árduo, mas acreditamos que é fundamental para promover uma gestão pública mais justa e eficiente. A equidade salarial é um direito dos servidores e um benefício para toda a sociedade e deve ser uma realidade em todos os níveis da administração pública.

Estabelecer um teto salarial único para os servidores públicos é mais do que uma medida econômica; é um gesto de reconhecimento e valorização daqueles que dedicam suas vidas a serviço da sociedade. É hora de São Paulo dar esse passo em direção à equidade e à justiça salarial, e a CNSP está na linha de frente dessa batalha!

Antonio Tuccilio

Presidente da CNSP

Copyright © 2023 Portal Orbisnews | Direção Geral Jornalista Fausto Camunha | Todos os artigos são de responsabilidade de seus autores.