Conecte-se conosco

Saúde

CÉLULAS TRONCO DOS DENTES DE LEITE por Aonio Genícolo Vieira

Publicado

em

Compartilhar

No ano de 2008 em um Congresso que participei na Holanda apresentaram a coleta e as possibilidades de utilização para a Medicina e Odontologia Regenerativa. Neste mesmo ano, o Superior Tribunal Federal aprovou pesquisas com Células Tronco no Brasil, sendo o primeiro país da América Latina e o vigésimo sexto do mundo a permitir esse tipo de pesquisa. Apesar do pioneirismo em aprovação de pesquisas a sua utilização no Brasil ainda é restrita a estudos e o uso compassivo, sendo que no Paraguai sua utilização para problemas de saúde é permitida pelo governo.

Existem dois tipos de Células Tronco Adultas, as Hematopoiéticas e as Mesenquimais. Como o próprio nome significa, as Hematopoiéticas podem serem obtidas através do cordão umbilical no nascimento, através da medula óssea e só podem serem utilizadas para problemas relacionados ao sangue. As Mesenquimais podem serem obtidas também através do cordão umbilical no nascimento, através da polpa dentária, fígado, pâncreas e através do tecido adiposo.  A grande vantagem das células-tronco provenientes de polpa dentária, é sua fácil obtenção livre problemas éticos.  Como os dentes decíduos serão trocados pela dentição permanentes, esta é uma excelente oportunidade. Outra forma é através dos dentes permanentes pela extração de um terceiro molar (siso) ou dentes pré-molares extraídos por motivos ortodônticos.

A coleta das células tronco dos dentes de leite é feita em ambiente asséptico em consultório dentário por um cirurgião dentista, quando o dente decíduo começa sua esfoliação (reabsorção da raiz para nutrir o dente permanente que se encontra abaixo dele). Após realizada a extração do dente este é conduzido para um Centro de Criogenia para que as células sejam multiplicadas em uma sala totalmente asséptica (este processo demora uns 30 dias) e posteriormente armazenadas em nitrogênio líquido a -196°C ficando à disposição da família para sua utilização. Estas células tronco têm uma biocompatibilidade com terceira geração ascendente e descendente do doador.

 Uma analogia, imaginem a carta Coringa de um jogo de baralho, as células tronco mesenquimais se comportam igualmente, elas têm o potencial de se transformar em qualquer tipo de tecido no qual ela é inserida. Realizei um trabalho de pesquisa do qual obtive as células tronco do dente decíduo do filho para serem utilizadas em um enxerto ósseo na mandíbula do pai desta criança após um mês esperado o processo da multiplicação destas células. O resultado foi um sucesso total.

 Inúmeros são os trabalhos publicados com a utilização das células tronco na regeneração de músculos, tendões, neurônios, córnea, retina, reparação de tecidos bucais, cura da diabetes, auxiliar no tratamento de doenças como câncer, mal de Parkinson, mal de Alzheimer, doenças degenerativas e cardíacas….

As células-tronco de cordão umbilical e da polpa do dente de leite podem promover uma maior longevidade e melhora da qualidade de vida dos seres humanos e continuam sendo muito estudadas em centros de pesquisa de todo mundo.

Aonio Genicolo Vieira

Copyright © 2023 Portal Orbisnews | Direção Geral Jornalista Fausto Camunha | Todos os artigos são de responsabilidade de seus autores.