Conecte-se conosco

Saúde

Outono: por que dias tão lindos e ensolarados nos fazem ficar tão doentes? Por Dra. Alessandra Geisler

Publicado

em

Compartilhar

O Outono é uma estação mais amena pois não tem aqueles dias chuvosos e muito quentes do verão nem aqueles dias acinzentados e muito frios do inverno. Pela manhã um friozinho suportável que ao longo do dia vai aquecendo até que precisamos ficar com roupas mais frescas para enfrentar o meio do dia ensolarado e quente.

Por outro lado, essa grande diferença de temperatura que ocorre em poucas horas além do tempo mais seco, causa uma maior incidência de doençasrespiratórias e de doenças alérgicas.

É comum nesta época do ano asunidades de atendimento médico ficarem lotadas ecom muitas horas de espera, sendo na maioria ocupadas por casos respiratórios e alérgicos. Além disso, nesteano também ocorreu um aumento no número de casos de dengue, transformando a ida aos departamentos de emergência numa grande aventura e resiliência;

Quais as doenças mais comuns no Outono?

  • Gripe pelo vírus da Influenza

O que é: uma infecção viral altamente contagiosa que afeta o sistema respiratório, com risco de complicações para vias aéreas inferiores comopor exemplo chiados no peito e bronquites.
Causas: diferentes tipos de vírus da influenza (A,B)
Sintomas: febre, obstrução nasal, secreção mucopurulenta, tosse, dores musculares intensas, falta de ar, congestão ocular e dor de garganta.

A vacina da gripe protege contra este tipo de vírus porqueele apresenta uma maior gravidade em crianças menores de 5 anos e em  adultos maiores de 60 anos e não contra todos os outros vírus de gripe comum. Frequentementeouvimos pessoas afirmarem que não tomam a vacina da gripe porque geralmente ficam gripados. Sim!pois existem muitosoutros de vírus circulantes.

A vacina da gripe contra Influenza não impede que a pessoa vacinada pegue um vírus da gripe comum.Mas protege contra esta forma mais grave, que causa internações hospitalares e até em UTI.

  • Gripe Comum

O que é: infecção viral altamente contagiosa que afeta o sistema respiratório, com risco de complicações para vias aéreas inferiores com chiados no peito, bronquites
Causas: diferentes tipos de vírus, por exemplo metapneumovírus.
Sintomas: febre, obstrução nasal, secreção mucopurulenta, tosse, dores musculares e dor de garganta.

  • Resfriado Comum

O que é: infecção viral comum do trato respiratório superior, com um quadro geral menos grave que o da gripe.
Causas: diferentes tipos de vírus, como por exemplo o rinovírus, que este ano estácirculando com uma certa frequência.
Sintomas: temperatura entre 37,8°C e 38,5°C, obstrução nasal, secreção hialina ou amarelada, tosse e dor de garganta leve.

  • Otite média aguda(“infecção de ouvido”)

O que é: processo inflamatório do ouvido médio.
Causas: geralmente viral consequência de uma infecção nasal ou sinusite, que pode complicar por uma coinfecção causada por uma bactéria.
Sintomas: dor de ouvido intensa na fase mais aguda, a febre em crianças costuma ser alta – maior 38,5C, ocasionalmente sensação de ouvido entupidopodendo até em casos mais graves apresentar diminuição temporária da audição.

Não tratar uma infecção de ouvido, pode ter como consequências perda da audição permanente e até infecções sérias como mastoidite e meningites.

  • Rinossinusite(ouSinusite)

O que é: inflamação dos seios paranasais/frontais, consequente de um acometimento nasal prévio.
Causas: infecções virais, bacterianas ou fúngicas, alergias ou irritações.
Sintomas: congestão nasal, dor facial, dor de cabeça, secreção nasal espessa e, nas crianças sempre acompanhada de tosse pois a secreção escorre pela garganta principalmente ao deitar-se.

O diagnostico desta doençaem crianças é clínico e não há necessidade de realização de radiografia de seios da face.

  • Pneumonia

O que é: infecção nos pulmões.
Causas: bactérias, vírus ou fungos.
Sintomas: tosse, dificuldade para respirar, dor no peito, secreção de muco purulento espesso amarelada ou esverdeada, febre, cansaço e às vezes dor para respirar.

Como diminuir o risco de contrair estas doenças tão comuns nesta época do ano?

  • Lavar bem as mãos com água e sabão;
  • Utilizar álcool em gel;
  • Deixar os ambientesabertos, limpos e bem arejado – abrir portas e janelas;
  • Utilizar máscaras, caso esteja doente;
  • Alimentar-se de maneira saudável ede forma equilibrada;
  • Beber bastante líquido;
  • Lavar as narinas regularmente com soro fisiológico;
  • Colocar mãos ou cotovelos na boca para tossir;
  • Ter bons hábitos de sono;
  • Estar em dia com as vacinas contra gripes e vírus;

Estas são medidas comuns e simples, que foram aprendidas no período de pandemia e não devem ser jamais esquecidas.

Copyright © 2024 Portal Orbisnews | Direção Geral Jornalista Fausto Camunha | Todos os artigos são de responsabilidade de seus autores.