Conecte-se conosco

Saúde

VOU PRATICAR ATIVIDADES FÍSICAS, DEVO TER ALGUMAS PRECAUÇÕES por Nabil Ghorayeb

Publicado

em

Compartilhar

            Neste ano dos XXXIII Jogos Olímpicos de Paris, exatamente 100 anos depois dos VIII Jogos Olímpicos de Paris da era moderna, bem no verão de 1924, um verdadeiro tsunami de pessoas se animou para a praticar atividades físicas ou esportivas dos mais variados modelos e modalidades. Os benefícios para a saúde estamos cansados de ler e ouvir …      A importância da avaliação médica especializada prévia já é um consenso, e por aqui quero alertar para alguns sinais e sintomas que podem ocorrer durante a pratica física ou esportiva. Parece ser óbvio porém, pelo que se vê por aí, as pessoas relevam os avisos do corpo.  

Como princípio, qualquer sintoma ou sinal surgido durante um exercício físico deve ser valorizado, desde uma simples dor muscular até uma preocupante dor no peito. Por isso nunca tomar analgésicos ou anti-inflamatórios antes ou durante os exercícios, por esconder o aviso do corpo de que algo não está bem.

            Alguns sintomas cardiológicos como palpitações, acelerações e falhas dos batimentos cardíacos, conhecidos como alterações das pulsações registradas pelos variados dispositivos, podem ocorrer em qualquer momento da atividade física ou esportiva e exigem afastamento do que se faz e a procura de atendimento médico. Em geral são arritmias simples e benignas, porém podem ser de risco para a saúde.

            Sintomas preocupantes durante um exercício físico de qualquer tipo, são as dores no peito ou na boca do estômago, que parecem queimação ou aperto, muitas vezes irradiadas para braços e costas e acompanhadas de náusea e tonturas. Esses sintomas podem ser algo sério como infarto do miocárdio, mas pode ser outro problema não tão sério, por isso recomendamos parar essa atividade e procurar assistência médica.

            O sintoma falta de ar durante uma pratica física ou esportiva sempre deve ser valorizada. Pode ter causas cardíacas e ou pulmonares, como por exemplo uma crise de asma (broncoespasmo com chiado no peito) ou outra doença aguda do pulmão (conhecido como Pneumotórax) que não tão raro.   

            Desidratação aguda e a Hipertermia causadas pelo excesso de calor são situações que podem ser de grave risco até para atletas sadios, porém descuidados. O atendimento médico imediato salva suas vidas.

Finalizando é importante ressaltar, algum problema de saúde como uma simples gripe ou outras doenças infecciosas como gastroenterite, lesão ortopédica etc, não participe de nenhuma atividade física ou esportiva sem a autorização médica especializada, por favor não dê ouvidos aos amigos ou outros não médicos.

Prof Dr Nabil Ghorayeb CRMSP 15715

Cardiologista e Médico do Esporte

instagram @nabilghorayeb

Copyright © 2023 Portal Orbisnews | Direção Geral Jornalista Fausto Camunha | Todos os artigos são de responsabilidade de seus autores.