Conecte-se conosco

Administração

COMO O LEARNING EXPERIENCE SE APLICA AO ENSINO ADAPTATIVO NAS EMPRESAS? por Samir Iásbeck

Publicado

em

Compartilhar

A aprendizagem contínua se tornou uma necessidade premente para as empresas que desejam se manter competitivas. Diante desse cenário, o conceito de Learning Experience emergiu como uma abordagem essencial para capacitar os funcionários e impulsionar o sucesso organizacional. Dentro desse contexto, o ensino adaptativo surge como uma ferramenta poderosa, personalizando a experiência de aprendizagem de cada indivíduo e maximizando seu potencial.

No quesito empresarial, esse tipo de ensino oferece uma série de benefícios tangíveis. Primeiramente, ele permite que as organizações otimizem seus programas de treinamento, direcionando os recursos de forma mais eficaz e garantindo que cada funcionário receba o suporte necessário para desenvolver as habilidades relevantes para sua função. Além disso, promove a autonomia e a responsabilidade do aprendizado, capacitando os funcionários a assumirem um papel ativo no seu desenvolvimento profissional.

Apesar de seus benefícios, a implementação bem-sucedida do ensino adaptativo pode enfrentar alguns desafios. Questões relacionadas à privacidade e segurança dos dados, bem como a necessidade de garantir a acessibilidade e a equidade no acesso à aprendizagem personalizada, devem ser cuidadosamente consideradas. Além disso, é essencial que as organizações incentivem uma cultura de aprendizagem contínua e forneçam o suporte adequado para que os colaboradores aproveitem ao máximo as oportunidades oferecidas pelo ensino adaptativo.

Essas duas ferramentas trabalhando juntas, representam uma abordagem inovadora e eficaz para a capacitação dos funcionários nas empresas. Ao priorizar a personalização, a relevância e a experiência do aluno, as organizações podem promover um ambiente de aprendizagem dinâmico e estimulante, que impulsiona o crescimento individual e coletivo. Investir no desenvolvimento das habilidades e competências dos colaboradores por meio do ensino adaptativo não apenas fortalece a força de trabalho, mas também prepara as empresas para enfrentar os desafios e aproveitar as oportunidades do futuro.

Por fim, esse modelo tem uma abordagem mais prática e dinâmica, privilegiando a ideia de que o aluno possa aprender enquanto pratica, de forma personalizada, conhecendo a capacidade de cada um e de acordo com a necessidade da sua empresa. 

*Samir Iásbeck, CEO e Fundador do Qranio, plataforma de aprendizagem que utiliza ludificação, também é sócio-fundador da eMiolo.com, software house inovadora com vasta experiência em soluções personalizadas para médias e grandes empresas.

Copyright © 2024 Portal Orbisnews | Direção Geral Jornalista Fausto Camunha | Todos os artigos são de responsabilidade de seus autores.