Conecte-se conosco

Direito

NOVA LEI DE LICITAÇÕES E CONTRATOS por Leonardo Ladeira

Publicado

em

Compartilhar

Nova Lei de Licitações e Contratos amplia oportunidades para PMEs participarem de processos de compras públicas

Em 2023, o mercado de compras públicas enfrentou alguns desafios ao passar da antiga lei 8.666/93 para a moderna 14.133/21. Com as novidades trazidas pela nova lei de licitações e contratos, um novo capítulo se inicia, trazendo oportunidades promissoras para as pequenas e médias empresas, especialmente para as que passarão a concorrer aos processos de forma digital.

A digitalização das compras públicas é uma evolução que não apenas simplifica o processo, mas democratiza o acesso, permitindo que empresários de todo o país participem ativamente das licitações, independentemente da localização geográfica. Ou seja, finalmente chegamos ao cenário em que a participação em licitações pode ser acessível a todos, pois a transformação digital não é apenas uma mudança superficial; é a base de um novo paradigma.

De olho nesse cenário, ferramentas tecnológicas têm desempenhado um papel crucial nesse processo, uma vez que facilitam a participação e aprimoram a competitividade, fazendo com que a tecnologia não seja uma barreira, mas sim um facilitador para as empresas de todos os tamanhos e nichos. A influência da digitalização na participação em licitações é fundamental, especialmente considerando que apenas 2% dos empresários brasileiros estão ativamente envolvidos no mercado de licitações. Essa estatística revela um vasto território inexplorado de possibilidades, o qual as PMEs devem ficar atentas se desejam se destacar nestas competições.

A Nova Lei de Licitações e Contratos (NLLC) veio para tornar o processo licitatório mais transparente e acessível para empresas de todos os portes. Mas você já se perguntou se o seu negócio está pronto para abraçar as infinitas oportunidades que surgirão daqui para frente?

Construir estratégias ajudarão as PMEs a se darem bem no mercado de licitações e sair do status do amadorismo. Pense assim: novo ano, novas regras. E essas regras (obrigatórias) são extremamente importantes para que você saiba fazer boas vendas para o seu município. Para que a sua empresa esteja apta a participar das oportunidades ampliadas pela NLLC, é preciso estar atento aos fundamentos a seguir:

1º Fundamento – Conhecer a nova lei de licitações: A NLLC conta com alguns princípios essenciais (impessoalidade, moralidade, publicidade, eficiência, interesse público, probidade administrativa, igualdade, planejamento, transparência, eficácia, entre outros). Eles são a base para que você aplique e maximize as chances de sucesso para a sua empresa. Além disso, o conhecimento sobre a 14.133/21, é fundamental para garantir também que a sua empresa esteja em conformidade com as devidas certidões, comprovantes e demais documentações exigidas, além de entender quais são seus direitos e deveres.

2º Fundamento – Estudo de mercado baseado em dados: Esse é o quesito no qual você vai identificar as oportunidades estratégicas. Descubra as áreas de demanda do governo que são alinhadas aos seus produtos e serviços. Esteja à frente na escolha das licitações ideais para sua empresa. Comece pesquisando em Planos de Contratações Anual (PCA) anteriores. Identifique quais empresas foram bem-sucedidas nas últimas licitações e por quê, procurando pontos fortes e fracos. Pois essas informações podem ser utilizadas para aprimorar sua abordagem em propostas futuras. E por último, mas não menos importante, construa um relacionamento com clientes e parceiros. Cultivar relacionamentos sólidos pode fornecer insights valiosos, criar oportunidades de colaboração, assim como abrir portas para novos negócios.


3º Fundamento – Aproveite os benefícios da inovação: Surfando essa era digital e inovadora, a Nova Lei é a chave para desbloquear oportunidades sem fronteiras. A digitalização do setor público não apenas abriu novas portas para as empresas, mas também exigiu uma adaptação ágil a esse novo cenário.

As licitações eletrônicas, não são nenhum bicho de sete cabeças, desde que você se familiarize com a plataforma escolhida. Compreender sua dinâmica, funcionalidades e requisitos é fundamental para destacar-se durante o processo.

*Leonardo Ladeira é analista de sistemas especializado em aplicações para ambientes web. Desde 1999 atua desenvolvendo soluções tecnológicas SaaS (Software como serviço) focadas em auxiliar a gestão pública. Em 2016 fundou o Portal de Compras Públicas, um dos principais marketplaces de licitações do Brasil.

Copyright © 2023 Portal Orbisnews | Direção Geral Jornalista Fausto Camunha | Todos os artigos são de responsabilidade de seus autores.