Conecte-se conosco

Tecnologia

DO MAPEAMENTO À EFICIÊNCIA: O PAPEL DA TECNOLOGIA NA CADEIA DE SUPRIMENTOS por Thales de Lima

Publicado

em

Compartilhar

A cadeia de suprimentos, também conhecida como supply chain, desempenha um papel essencial no setor de comércio exterior (Comex). Abrangendo desde a extração da matéria-prima até a entrega final ao cliente, cada etapa dessa trajetória demanda atenção detalhada, tornando a cadeia de suprimentos um alvo de significativos investimentos por parte das empresas.

Qualquer erro ao longo desse processo pode acarretar prejuízos consideráveis, como atrasos, vencimento de produtos ou até mesmo perda de carregamentos. Diante desse contexto, é necessário que as empresas envolvidas no Comex se dediquem à gestão e ao controle minuciosos de cada fase da cadeia de suprimentos.

A integridade e a atualização rápida das informações nos sistemas são fundamentais para evitar problemas como rupturas de estoque, perda de mercadorias e atrasos. Também é válido destacar a

importância de manter foco nos agentes essenciais da cadeia de Comex, incluindo o Governo Federal, agentes de carga, fornecedores de frete e despachantes.

Nesse cenário, uma grande aliada para a gestão da cadeia de suprimentos é a tecnologia. Prova disso é que, segundo o relatório ISG Provider Lens™ Supply Chain Services de 2023 para o Brasil, as empresas de Comex ainda enfrentam diversos desafios causados pela pandemia de 2020, decorrentes de tensões políticas e econômicas. O estudo aponta que a saída para esses problemas é o investimento na aplicação de tecnologias digitais, como Inteligência Artificial, Internet das Coisas e blockchain, entre outras. Ou seja, as soluções digitais estão, cada vez mais, se tornando essenciais para a gestão de supply chain.

Uma recomendação primordial para os agentes da cadeia é a implementação de projetos de mapeamento abrangente de todos os envolvidos, conectando-os aos sistemas ERP (Enterprise Resource Planning) para proporcionar controle e visibilidade na gestão dos processos de Comex.

Além disso, é essencial também buscar ferramentas que possibilitem levantamentos junto às áreas de negócio dos clientes, bem como focar em API’s (Application Programming Interface) com capacidade de recepção de dados de diferentes fontes, como sites do Governo Federal, portais de transportadores e robôs.

A integração de diferentes tecnologias permite verificar desde cargas de dados via arquivos até processos como contratação de frete, registros aduaneiros, nacionalizações e contabilizações de despesas aduaneiras, proporcionando ganhos em otimização de esforço, visibilidade e indicadores para os agentes. Ou seja, a gestão eficiente da cadeia de suprimentos é essencial para o sucesso de qualquer empresa no setor de comércio exterior.

Por isso, o investimento em tecnologia surge como solução estratégica para superar desafios. E a integração de tecnologias digitais, juntamente com um mapeamento abrangente dos envolvidos na cadeia, permite obter controle, visibilidade e eficiência operacional.


*Thales de Lima é gerente de BPO, desenvolvimento e sustentação de soluções de Comex e SAP da SONDA Brasil, líder regional em serviços de Transformação Digital.

Copyright © 2024 Portal Orbisnews | Direção Geral Jornalista Fausto Camunha | Todos os artigos são de responsabilidade de seus autores.