Conecte-se conosco

Brasil

Mãos limpas…lava-jato

Compartilhar

Já diziam …
Quem poderá contar as areias das praias e as gotas das chuvas ?

Publicado

em

Compartilhar

Depois que o mal se instala e adquire proporções … fica muito difícil.
Creiam …
Fica muito difícil mesmo !

Há 25 anos um ataque matava o juiz da investigação que inspirou a Lava Jato.

Giovanni Falcone conduzia o “Mãos Limpas” na Itália, quando foi vítima do grupo mafioso da Cosa Nostra.

Interessante esse nome …
Cosa Nostra !

A Itália prestou uma série de homenagens, na terça-feira 23 de Maio, para lembrar os 25 anos da morte do juiz, sua esposa e três agentes em um atentado realizado pelo grupo mafioso.

O magistrado liderou a megainvestigação da Operação Mãos Limpas, que inspirou a brasileira Lava Jato e revelou um esquema de propinas entre empresários e políticos do país europeu.

O presidente da Itália, Sergio Mattarella, participou da cerimônia especial em Palermo, onde ocorreu o assassinato.

Disse que a atitude do magistrado inspira a Itália e os italianos até hoje.

“Mesmo a recordação daqueles longínquos dias de Palermo, tão dramáticos, tão escuros e tão marcados pela violência e pela dor, permanecem plenamente vívidos na Itália e no mundo.”

“E provoca, horror e envolvimento, não apenas para quem o sentiu pessoalmente ou que viu isso proximamente”, afirmou o mandatário.

É Mattarella …
Mais ou menos !
Quem dera !

Dai a Cesar o que é de Cesar …
Dai a Deus o que é de Deus !

Apenas bravatas de palanque !

“O maxiprocesso que foi conduzido magistralmente, sob a base das intuições e do trabalho de Giovanni Falcone, constituiu uma virada radical na guerra do Estado contra a Cosa Nostra”, acrescentou.

Também ocorreram duas passeatas para lembrar da importância de Falcone e, às 17h58, da hora italiana … foi feito um minuto de silêncio pelas vítimas.

Essa é a hora exata da morte do juiz e dos demais ocupantes do carro que explodiu em Palermo.

Conhecido como Massacre de Capaci, o atentado matou o juiz Falcone, sua esposa, Francesca Morvillo, e os dois agentes.

Em 23 de maio de 1992, explosivos foram colocados na estrada A29, em Capaci, nos arredores de Palermo.

Assim que o carro do juiz estava passando, eles foram acionados causando a explosão do veículo.

Em 1993, o ex-chefão da Cosa Nostra Salvatore “Totò” Riina, foi condenado à prisão perpétua pelos homicídios.

É o mínimo …
Essa é a grande e fundamental diferença !

Em julho do ano passado, outros quatro acusados também foram condenados à prisão perpétua por serem corresponsáveis pelo atentado.

Agora … bem melhor !

O importante é a justiça estar contra o mal … que inspira o sentido de justiça, de patriotismo, de liberdade, de segurança, de proteção.

E quando a justiça se une ao mal, como forma de fazer governo, protegendo malfeitores, quadrilhas, bandidos, corruptos, ladrões ?

A quem recorrer ?

Para ir contra as forças do mal … é necessária a união de muitos em torno do bem comum … já que o mal conspira à margem da lei e da ordem, encurtando caminhos e fazendo os seus próprios.

Quem disse, sabia bem …
Cuidado com o que se tolera !
Vocês estão dando sinais de como as pessoas devem te tratar.

Somente um é sábio e é por demais terrível quando se assenta em seu trono !

Semelhanças à parte !

Continue lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2023 Portal Orbisnews | Direção Geral Jornalista Fausto Camunha | Todos os artigos são de responsabilidade de seus autores.